Estratégia & Análise
ISSN 0033-1983
Principal

Artigos

Clássicos da Política Latino-Americana

Coluna Além das Quatro Linhas

Coluna de Rádio

Contenido en Castellano

Contos de ringues e punhos

Democracy Now! em Português

Democratização da Comunicação

Fale Conosco

História Pampeana

LARI de Análise de Conjuntura Internacional

NIEG

Original Content in English

Pensamento Libertário

Publicações

Publicações em outros idiomas

Quem Somos

Sugestão de Sites

Teoria



Apoiar este Portal

Apoyar este Portal

Support this Website



Site Anterior




Creative Commons License



Busca



RSS

RSS in English

RSS en Castellano

FeedBurner

Receber as atualizações do Estratégia & Análise na sua caixa de correio

Adicionar aos Favoritos

Página Inicial

















































Entrevista: conjuntura política brasileira


Entrevista do cientista político Bruno Lima Rocha para o programa Cafeína, da Unisinos FM (103.3) sobre a cassação de Eduardo Cunha e a denúncia do ex-presidente Lula pelo Ministério Público Federal.

Ouça aqui: http://bit.ly/2cmU1j0


ler •
enviar •



Contenido en Castellano •
La gobernabilidad Global del poder

Bruno Lima Rocha, 19 de septiembre de 2016

Una vuelta de tuerca espantosa a la Derecha. Este giro se nota tanto en la alineación del país alcalde de América Latina para los diseñadores del Imperio, como en la AÚN alcalde de inflexión al Capital Financiero y, al menos, en la Presencia De Una juventud participado en La Nueva Derecha de Estados Unidos. Por desgracia, se trata no sólo de una situación, con el país El Blanco como permanente, en Función de Sus Dimensiones, potencial y en la condición emergente de la semi periferia.


ler •
enviar •




Ilações políticas da Lava Jato e Lula contra a parede: uma análise mais à esquerda da crise político-jurídica brasileira


Dallagnol em igreja, no Rio, apresentando suas medidas contra a corrupção

Bruno Lima Rocha, 14 de setembro de 2016

Na tarde de 14 de setembro, a forca tarefa da Operação Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) de Curitiba convocou uma entrevista coletiva. No momento, os procuradores, liderados por Deltan Dallagnol, apresentaram denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a sua esposa, a ex-primeira dama Marisa Letícia. Na apresentação em power point, dois procuradores, um auditor da Receita e um delegado da Polícia Federal desenvolveram uma tese de ciência política, o que causou comoção nos meios políticos e jurídicos brasileiros. Na tese, foram afirmados neologismos com carga conceitual, promovendo acusações seríssimas contra o período de Lula à frente do Palácio do Planalto (2003-2010) e dando a entender que o volume de negócios de Estado atravessados por relações pouco ou nada republicanas (corruptas) passaria pela centralidade decisória do ex dirigente sindical e seus correligionários em postos-chave. 

Nos parágrafos que seguem, apresento um breve esforço de análise, realizado ao calor da hora, tanto da coletiva do MPF em Curitiba, como do dia seguinte. Na tarde de 15 de setembro, Lula falou para a mídia e correligionários aproveitando o momento em que a direção nacional do PT se reunia em São Paulo capital. Aas intervenções dos personagens centrais deste drama político brasileiro centralizam meus comentários e interpretações. A dimensão estrutural é meu interesse de fundo, assim como o processo recente de golpe de Estado antecipado pela quebra do pacto de classes que caracterizou o lulismo durante os dois governos de Luiz Inácio e em um mandato de meio da ex presidenta Dilma Rousseff.

 


ler •
enviar •




A sessão final do golpe com nome de impeachment no Senado – epílogo da Operação Café Filho


Placar do Senado mostra o resultado da votação: 61 votos a favor e 20 contrários ao impeachment

Bruno Lima Rocha, 31 de agosto de 2016

No final da manhã e início da tarde de quarta feira, 31 de agosto de 2016, o Brasil assistiu pela televisão aberta e por assinatura, a destituição da presidente Dilma Rousseff, com pouco mais de um ano e meio decorridos de seu segundo mandato. A traição teve como um dos pivôs o próprio vice, Michel Temer, eleito e reeleito junto à Dilma, com a bênção de Lula e da direção nacional do PT. Neste breve texto, trago algumas evidências, categorias e debates os quais entendo como urgentemente necessários. 


ler •
enviar •




A sessão final do golpe com nome de impeachment no Senado – parte 1


Começa a etapa final do julgamento de Dilma Rousseff

Bruno Lima Rocha, 26 de agosto de 2016

Findas as Olimpíadas, o Brasil retoma sua rotina de crise política e isolamento do conflito em sua esfera institucional. No modelo jabuticaba de governabilidade, a maioria política é a condição do exercício do governo de fato, mesmo que quando eleito ou eleita, a governante tenha de ser sancionada pelo escrutínio popular. Logo, na coação desta garantia de maioria parlamentar e em pleno tribunal de exceção, o Senado da república se assemelha ao Senado romano, onde os magistrados e tribunos são plenipotenciários e fazem o que querem, ou quase. 


ler •
enviar •




A Governança global do poder realmente existente


O faturamento dos gigantes do capital fictício é proporcional ao tamanho da dívida pública mundial.

Bruno Lima Rocha, 03 de setembro de 2016

Muito poucos são o que têm capacidade de interpretação efetiva dos processos de captura das instituições públicas, das realizações incompletas de promessas da democracia em sua forma liberal e capitalista. Para piorar, estes que podem compreender a captura dos recursos coletivos por instituições privadas e seus grupos de pressão, ou estão em posição inferior de poder, ou então são cúmplices desta mesma captura.


ler •
enviar •




Entrevista: o resultado do processo de impeachment de Dilma Rousseff


O cientista político e professor de relações internacionais, Bruno Lima Rocha explica o resultado do processo de impeachment de Dilma Rousseff e analisa quais devem ser os próximos passos do novo governo e também a reação da população. Entrevista concedida ao programa Cafeína, da rádio Unisinos FM (103.3).

Ouça aqui: http://bit.ly/2c6WVMG


ler •
enviar •




Entrevista: el ‘impeachment’ muestra una política ‘de doble hilo’ en Brasil


Entrevista do cientista político e professor de relações internacionais, Bruno Lima Rocha para a IspanTV (TV iraniana em espanhol), sobre o "impeachment" de Dilma Rousseff. 

Assista aqui: http://bit.ly/2cagSk9


ler •
enviar •



cadastre-se para receber nossa newsletter

  • nome:
  • e-mail:

13581 assinantes



Teoria •
texto no formato acadêmico •

Fernando Collor, proprietário e político: o uso da Gazeta de Alagoas como prática para o coronelismo eletrônico

Júlia Klein é jornalista graduada pela Unisinos e estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, na UFRGS.

Bruno Lima Rocha é professor do curso de Relações Internacionais da Unisinos, pesquisador do grupo Cepos e doutor
em Ciência Política pela UFRGS. 

Resumo:

Analisamos o conteúdo jornalístico praticado pelo jornal Gazeta de Alagoas, durante a cobertura de três períodos eleitorais distintos: 2002, 2006 e 2010. No estudo, Fernando Collor de Mello, proprietário do impresso que integra o maior grupo de comunicação de Alagoas, prova o uso de seu jornal como ferramenta política durante as três eleições disputadas, comprovando a parcialidade do veículo e o mau exercício do jornalismo. Na pesquisa, também abordamos como o coronelismo eletrônico mantém sua força através de alianças com os grandes conglomerados de comunicação, iniciada já durante o primeiro governo de Getúlio Vargas. 

Palavras-chave: Mídia e política; Políticas de comunicação; Radiodifusão; Oligopólio das comunicações; Conteúdo jornalístico.

 

 


ler •
enviar •

Teoria •
texto no formato acadêmico •

Tomando posição: uma análise política da I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom)

Valério Cruz Brittos
Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Unisinos, pesquisador do CNPq, coordenador do grupo de pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade - Cepos e vice-presidente da Unión Latina de Economía Política de la Información, la Comunicación y la Cultura (Ulepicc-Federación).
val.bri@terra.com.br

Bruno Lima Rocha
Professor no curso de Comunicação Social da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos, doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, pesquisador do grupo de pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade - Cepos e vogal da Ulepicc-BR.
blimarocha@gmail.com

Paola Madeira Nazário
Pesquisadora do grupo de pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade – Cepos e mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos. madeira_nazario@hotmail.com

Resumo
Este artigo traz discussões sobre a posição adotada por alguns setores da sociedade e da política, no que tange à sua participação nos debates em torno dos movimentos em prol da democratização da comunicação e das políticas públicas para o setor, a partir da análise da I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), bem como a falta de midiatização que essa campanha obteve. Sendo assim, o texto cruza os mais diferentes caminhos e perspectivas, passando pela correlação de forças e poder e chegando até os interesses envolvidos, adotando como pano de fundo o surgimento do processo de digitalização da televisão brasileira e a estruturação da TV pública a partir de uma aplicativa teórica e metodológica da Economia Política da Comunicação (EPC). Reconhecendo a possibilidade de um variável número de interpretações, o trabalho vai focar sua análise não apenas em busca de respostas, mas, também, na construção de perguntas pertinentes, que possam ir ao encontro dos objetivos traçados neste trabalho.

Palavras-chave
economia política da Comunicação; políticas Públicas de Comunicação; digitalização; TV pública; Confecom


ler •
enviar •

Coluna de Rádio •
Opinião falada sem meias palavras •
PT: longe da esquerda e próximo dos grandes oligarcas

16 de setembro de 2016 - Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 8h30 e pode ser companhado ao vivo pelo site - www.radiocom.org.br.

Ouça aqui: http://bit.ly/2d2gl37



O pós impeachment e a convocatória "Fora Temer"

09 de setembro de 2016 - Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC.

Ouça aqui: http://bit.ly/2cQXjgt



Columna de radio - La demisión del abogado general de la Unión y como cayó tirando este que fue parte de la conspiración del golpe blanco

09 de septiembre de 2016 - Columna de radio en castellano, del politólogo y docente de ciencia política y relaciones internacionales, Bruno Lima Rocha.

Escucha aquí: http://bit.ly/2cNYmBL



Censura política e a continuidade do golpe parlamentarista

09 de setembro de 2016 - Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 8h30 e pode ser companhado ao vivo pelo site - www.radiocom.org.br.

Ouça aqui: http://bit.ly/2c6r9yH



Columna de radio - Análisis del juzgamiento del Senado destituyendo Dilma de su gobierno

03 de septiembre de 2016 - Columna de radio en castellano, del politólogo y docente de ciencia política y relaciones internacionales, Bruno Lima Rocha.

Escucha aquí:: http://bit.ly/2cgVlrH



Pós impeachment: o governo de Michel Temer e a revisão progressiva nos direitos da população

02 de setembro de 2016 - Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 8h30 e pode ser companhado ao vivo pelo site - www.radiocom.org.br.

Ouça aqui: http://bit.ly/2bUhiyI



O julgamento do golpe branco parlamentarista

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC – 26 de agosto de 2016.

Ouça aqui: http://bit.ly/2bWOCRN



A última fase do julgamento do impeachment pelo Senado

Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 8h30 e pode ser companhado ao vivo pelo site - www.radiocom.org.br.

Ouça aqui: http://bit.ly/2bmvD6D



Columna de radio - empieza la última fase del juzgamiento de la presidenta alejada Dilma Rousseff en el Senado de Brasil

25 de agosto de 2016 - Columna de radio en castellano, del politólogo y docente de ciencia política y relaciones internacionales, Bruno Lima Rocha.

Escucha aquí:: http://bit.ly/2bEKrwX



O pós Olimpíadas: as limitadas ações de políticas sociais desportivas no Brasil

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC – 19 de agosto de 2016.

Ouça aqui: http://bit.ly/2bNBEVE



Olimpiadas no Brasil, carencia no esporte de base e atuação de Gilmar Mendes no STF

Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 8h30 e pode ser companhado ao vivo pelo site - www.radiocom.org.br.

Ouça aqui: http://bit.ly/2b7jywa



Columna de radio - La propuesta de Dilma Rousseff en realizar un plebiscito para decidir la antecipación de elecciones presidenciales

18 de agosto de 2016 - Columna de radio en castellano, del politólogo y docente de ciencia política y relaciones internacionales, Bruno Lima Rocha.

Escucha aquí: http://bit.ly/2bmkSvI



Columna de radio - El Senado aprueba el relatório favorable al Impeachment de la presidenta Dilma Rousseff

13 de agosto de 2016 - Columna de radio en castellano, del politólogo y docente de ciencia política y relaciones internacionales, Bruno Lima Rocha.

Ouça aqui: http://bit.ly/2aVryjJ



O disfarce dos ajustes fiscais para a retirada de direitos dos trabalhadores

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC – 12 agosto de 2016.

Ouça aqui: http://bit.ly/2aVryjJ



Conjuntura politica: o avanço do impeachment e o desgoverno de Sartori

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC – 05 agosto de 2016.

Ouça aqui: http://http://bit.ly/2aobRpCv



No país das Olimpíadas, depressão e anticlímax político

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores, da Rede Abraço SC – 29 de julho de 2016.

Ouça aqui: http://bit.ly/2axAnDv



A eleição da Câmara Federal e a vitória do dep. federal Rodrigo Maia (Dem-RJ)

Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas, RS.

Ouça aqui: http://http://bit.ly/2a63gYB



Lágrimas de crocodilo no Planalto

Análise de Conjuntura Política Nacional para o programa Contraponto, da RadioCom, de Pelotas/RS - 08 de julho de 2016.

Ouça aqui: http://bit.ly/2aaMYsF



As novas fases da Operação Lava Jato

Análise de Conjuntura Política Nacional para o Jornal dos Trabalhadores da Rede Abraço - SC – 25 de junho de 2016.

Faça o download neste link: migre.me/uckTh

Ouça no SoundCloud: migre.me/ucl41